Nome:
Email:
Para finalizar seu cadastro CURTA NOSSA FANPAGE (clique no botão abaixo) e receba diariamente as notícias sobre mercado financeiro e educação financeira que acontecem no Brasil e no Mundo!
stickyimage

Entrevista com Monica Wahlbuhl, da Associação Nova Projeto

A integração profissional de portadores de necessidades intelectuais é o principal foco da Associação Nova Projeto, que oferece diversos cursos de capacitação para inserir todos socialmente. No EduApoio, Monica Wahlabul conta um pouco mais sobre a instituição e suas propostas

EduFin: Como e quando surgiu a proposta da Associação Nova Projeto?

mãos empresa otimismo

A Associação Nova Projeto surgiu da escola Projeto Educação e Trabalho, que naquele período tinha outra denominação; foi uma das escolas pioneiras na implantação do primeiro grau especializado.

A primeira etapa foi vencida: pessoas com necessidades especiais conseguiam se alfabetizar. Depois do domínio da leitura, da escrita e da matemática, era necessário dar continuidade ao processo. Seria necessário integrar estas pessoas. Mas integrar no verdadeiro sentido da palavra: criar emprego e prepará-las para o trabalho.

Em 1991 surgiu um novo desafio: educação básica associada ao trabalho. Foi criada a Projeto Núcleo Integrado Educação e Trabalho. Em 2003, com o objetivo de participar de forma efetiva do processo de inclusão social da pessoa com deficiência e atender um maior número de pessoas, a escola transformou-se em entidade filantrópica – Associação Nova Projeto Educação e Trabalho para Pessoa Especial.

“Seria necessário integrar estas pessoas. Mas integrar no verdadeiro sentido da palavra: criar emprego e prepará-las para o trabalho.”

E: Como a associação é mantida?

MW: A Associação é mantida através de convênio com a Secretaria Municipal de Educação, parcerias com empresas privadas e doações.

E: Qual a importância da associação para você?

MW: A Associação prepara os jovens com deficiência intelectual para inclusão no mercado de trabalho integrando-o efetivamente na sociedade, garantindo assim o direito à sua cidadania plena.

Além disso, o convívio com outros estudantes durante os cursos na Associação, a aprendizagem propriamente dita e o ingresso no mercado de trabalho melhoram significativamente a autoestima do jovem.

A escola procura capacitar deficientes intelectuais em busca de sua inserção social.

“O convívio com outros estudantes durante os cursos na Associação, a aprendizagem propriamente dita e o ingresso no mercado de trabalho melhoram significativamente a autoestima do jovem.”

E: De onde nasceu a ideia de se focar em pessoas com necessidades intelectuais?

MW: Como já citado, a escola originou-se de uma das primeiras instituições que atendiam pessoas com deficiência intelectual e segue até com o mesmo ideal.

E: Conte-nos um pouco mais sobre os tipos de cursos de capacitação oferecidos.

MW: São oferecidos cursos de Práticas Administrativas e Práticas no Varejo, visando o encaminhamento para empresas, escritórios e lojas em geral (supermercados, magazines, drogarias).

E: Como são feitas as seleções de portadores de necessidades especiais para participarem dos cursos?

MW: A pessoa com deficiência que é encaminhada para a Associação deve ter mais de 18 anos, ter no mínimo noções básicas de leitura e escrita e independência pessoal.

E: Vocês observam um maior número de empregabilidade dos participantes após a realização das capacitações? Teria algum exemplo para nos contar?estagiário aprender empresa chefe

MW: Após a capacitação conseguimos uma média de 80% de empregabilidade; os alunos permanecem muito mais tempo nos empregos, evoluindo no plano de carreira da empresa. Temos vários casos de jovens com deficiência que eram desacreditados pela família e hoje colaboram financeiramente com ela ou mesmo formaram uma nova família. Temos também pessoas que recebiam o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e após a capacitação abriram mão desse benefício para poder trabalhar e receber seu salário.

E: Além dos cursos, também são realizadas comemorações, como festas aos alunos. Essas atividades são relevantes, em sua opinião, ao desenvolvimento das pessoas atendidas pela Nova Projeto? Se sim, como?

MW: As festas são importantes, pois reforçam o convívio social e estimulam a troca de experiências.

E: Qual mensagem você deixaria para um portador de necessidade especial que procura meios de dar seus primeiros passos profissionais?

MW: Que procure uma capacitação, como qualquer outro cidadão, para que possa ingressar no mercado de trabalho, ter sua independência e inclusão social.

Conheça a Associação Nova Projeto: http://novaprojeto.blogspot.com.br/

Classifique!

Deixe um comentário

Obrigatório

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

©2013 EduFin - O mais completo Portal de Educação Financeira
O EduFin presta apenas o serviço de disseminação de informação, ressaltando que não faz qualquer tipo de recomendação de curso, investimento, livro etc. Portanto não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes. Leia os termos e condições de uso